DIA MUNDIAL DO AMBIENTE

Sabes que a tua sobrevivência e bem-estar, dependem do ambiente que te rodeia?
Se protegeres o ambiente, dando à natureza e à biodiversidade o espaço de que necessitam, estarás a proteger e a promover a qualidade de vida de todos criando sociedades mais saudáveis.
imagem_350x350.png

AJUDA A PRESERVAR O MEIO AMBIENTE

Image

Planta uma árvore

Image

Separa e Recicla o papel, o plástico e o vidro

Image

Proteje a biodiversidade

 

UM DESENHO PARA COLORIR DA NATUREZA

Na secção "Desenhos para colorir" tens vários desenhos para pintar.

Sabias que todos os anos a ONU escolhe um novo tema. Em 2020 o tema é "A Biodiversidade ", riqueza e variedade do mundo natural

Vamos descobrir mais em família, lendo em conjunto

Desde 1974, é celebrado a 5 de junho do Dia Mundial do Ambiente, com o intuito de promover a consciência e a ação ambiental a nível mundial. Este ano, a temática central é a Biodiversidade.

Este dia assinala a Conferência das Nações Unidas para o Meio Ambiente, também conhecida como Conferência de Estocolmo, que decorreu entre 5 e 16 de junho de 1972, onde foi discutida, pela primeira vez, a forma como o ser humano influencia o meio em que vive e, simultaneamente, é influenciado por ele. O objetivo desta conferência foi procurar um ponto de equilíbrio ente o desenvolvimento económico e preservação do ambiente, que são, no fundo, os pilares do desenvolvimento sustentável.

De facto, a sobrevivência e o bem-estar do Homem, dependem diretamente do ambiente que o rodeia. Desta forma, ao protegermos o ambiente, dando à natureza e à biodiversidade o espaço de que necessitam, estaremos igualmente a proteger a promover a nossa qualidade de vida, criando sociedades mais saudáveis e resilientes.

Nesta fase que a Humanidade atravessa, devido à pandemia de COVID-19, provocada pelo vírus SARS-CoV-2, é importante não esquecer a necessidade de cuidar do ambiente, do qual somos parte e do qual dependemos.


Sintra é um lugar notável e muito rico em termos de biodiversidade, com especial destaque para a presença de várias espécies de flora endémicas (espécies únicas no mundo, de distribuição restrita – nacional ou regional), que podem ser encontradas no Parque Natural de Sintra Cascais.


Porém, são várias as suas ameaças: alterações climáticas, espécies exóticas invasoras, pisoteio, abandono de lixo, entre outras. Devido à sua distribuição localizada, as espécies endémicas são particularmente sensíveis, estando algumas delas ameaçadas de extinção.

 

Resíduos plásticos de uso único, provenientes do nosso quotidiano, pontas de cigarro e, mais recentemente, máscaras e luvas descartáveis utilizadas como medida de proteção contra o coronavírus, quando não são corretamente descartados, são graves ameaças não só para a biodiversidade, como também para a saúde humana. Lembre-se que máscaras, luvas, pontas de cigarros e outros objetos que possam estar contaminados e que tenham sido abandonados no chão, podem facilmente ser vetores de transmissão da doença. Devem ser sempre descartados da forma correta.

Promover um ambiente saudável e equilibrado, proteger a biodiversidade e, em última análise, o nosso bem-estar e a própria saúde, depende de todos nós.

Declaração de Estocolmo