Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas

 

Este museu funciona na localidade com o mesmo nome, Odrinhas. Neste espaço podes encontrar diversas culturas do passado através das peças aí existentes.
As velhas pedras falam-te dos Romanos que viveram em Sintra há 2000 anos: dos Visigodos e Muçulmanos que por aqui passaram mais tarde, do período medieval depois da Reconquista e da sua evolução até ao século XIX!
São objetos que contam histórias de pessoas com origens muito diferentes e que, tal como tu, viveram nesta região.

Image
Na secção "Desenhos para Colorir" encontras mais desenhos para pintar!

... neste museu estão os três únicos sarcófagos etruscos existentes em Portugal?

Onde fica?
Morada:

Avenida Prof. Dr. D. Fernando de Almeida

São Miguel de Odrinhas - Sintra

2705-739 São João das Lampas

Tel: +351 219 609 520

Fax: +351 219 609 529

Email: dbmu.masmo.geral@cm-sintra.pt 

Email: dbmu.masmo.divulgacao@cm-sintra.pt 

 

 

Vamos descobrir mais em família, lendo em conjunto

Breve Historial

O Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas remonta as suas origens a meados do século XVI, quando por iniciativa de alguns eruditos, entre os quais se destaca Francisco d’Ollanda, se começa a concentrar em torno da Ermida de São Miguel de Odrinhas, uma importante colecção de inscrições romanas provenientes dos campos circundantes.

Em 1955, por iniciativa de Joaquim Fontes, decide a Câmara Municipal de Sintra empreender a construção de um pequeno imóvel que albergasse o importante conjunto patrimonial que até então se tinha conseguido reunir. Fruto da herança patrimonial legada pelo antigo Museu de Odrinhas e pela extinta Secção de Arqueologia do Museu Regional de Sintra, a 11 de Setembro de 1999 foi inaugurado o novo Museu, concretamente a secção lapidar denominada “O Livro de Pedra”.

Colecções/Patrimónios

O acervo do Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas é composto maioritariamente por colecções de arqueologia provenientes, quase na totalidade, das diversas estações arqueológicas existentes no Concelho de Sintra.

O conjunto do espólio arqueológico constitui-se em dois núcleos próprios, designadamente o acervo lapidar - onde se inclui a colecção epigráfica, de temática religiosa e funerária, atribuível aos períodos romano, medieval e moderno - e as colecções de peças arqueológicas que evocam o quotidiano das comunidades que se fixaram na região sintrense desde o Paleolítico. Merece especial destaque o conjunto de epigrafia latina que individualiza este espaço museológico dos seus congéneres nacionais.


Serviços Disponibilizados ao Público

Acolhimento: Recepção, livraria, loja e cafetaria 

Exposição permanente

“O Livro de Pedra”/Epigrafia: secção lapidar do Museu, distribuída por sete salas temáticas, onde se pode observar um conjunto de pedras tumulares, sarcófagos, estelas, altares e lintéis, desde a época etrusca à Idade Moderna, com especial relevância para a colecção de lápides romanas epigrafadas.

Serviços Educativos

Todas as visitas ao Museu são guiadas.

Edições do Museu

O Museu dispõe de uma publicação periódica - Revista "Sintria". Encontra-se, também, disponível ao público uma brochura divulgativa da exposição permanente.

Centro de Documentação / Biblioteca

Especialização: Arqueologia, História da Arte, Antropologia Cultural, Filologia, Etnografia, História Antiga.

 

Auditório

100 lugares. Está equipado com projectores de diapositivos, retroprojectores de acetatos e, ainda, equipamento de som, incluindo microfones.