Percurso histórico de um edifício

A 2 de agosto de 1924 era inaugurado o Casino de Sintra. Nasce traçado pela pena do arquiteto Norte Júnior e por iniciativa de Adriano Júlio Coelho e da sua Sociedade de Turismo de Sintra.

No auge da vida do casino, o espaço albergava em si diferentes zonas de convívio/lazer, como salão de exposições, salão de festas e bailes, sala de leitura, sala de jogo e até um restaurante e bar americano. Recebeu, também, um vasto leque de espetáculos de música, dança e teatro.

Entre 1938 e 1945 Casino esteve fechado, ganhando novo fôlego com a construção, em 1945, do Cineteatro Carlos Manuel, também projetado por Norte Júnior. Em 1954, o edifício do Casino é adquirido pela Câmara Municipal de Sintra. Por volta de 1965/1966, o edifício alberga vários serviços, entre eles Repartição de Finanças, Repartição do Registo Civil e até Liceu (Escola Preparatória D. Fernando II). Na década de 90, são levadas a cabo obras de requalificação, inaugurando, em 1997, o Sintra Museu de Arte Moderna que acolhe as obras pertencentes à coleção Berardo a qual permanece no local até 2011. Em maio de 2014, é inaugurado o MU.SA – Museu das Artes de Sintra expondo parte do acervo da Coleção Municipal de Arte.

O MU.SA – Museu das Artes de Sintra inscreve-se como um Museu inspirador, contemporâneo e inclusivo. A coleção artística que se mostra ao público neste espaço oferece-nos uma viagem pela arte figurativa e abstrata, através da pintura, do desenho, da escultura, da fotografia, da gravura... As temáticas são diversas, desde paisagem a momentos do quotidiano, das formas mais clássicas às mais ou menos abstratas. Constitui-se, assim, o MU.SA, como uma excelente pinacoteca de iconografia sintrense, resultante do verdadeiro testemunho etnográfico presente nas obras gráficas da coleção.

Neste Museu, há ainda lugar para a apresentação de exposições temporárias de artistas nacionais e internacionais de valor firmado, abrindo, ainda, espaço para a dinamização e produção artística, bem como para a experimentação e valorização das novas práticas artísticas.

Dotado de um serviço educativo que desenvolve ações específicas dirigidas aos diversos públicos, procura incentivar novas dinâmicas e participações, de forma a desenvolver iniciativas que estimulem a criatividade, a literacia, a partilha intergeracional e multicultural dos visitantes. Acolhe um vasto leque de atividades culturais como: ateliês, sessões de conto, workshops, seminários, colóquios, visitas orientadas e dramatizadas e espetáculos de música, teatro e dança.

 

1923

1954

Casino anos 50

1973

Baile no Casino

Obras - Registo Civil

Entrada Principal

1993

Atrio

Atrio

Inauguração | 2014

Espólio Nadir Afonso