Percurso Histórico

Image

O Museu Anjos Teixeira é um espaço museológico desenvolvido a partir da residência e ateliê de trabalho do escultor Pedro Anjos Teixeira.

O Museu Anjos Teixeira, situado em pleno Centro Histórico de Sintra (Vila Velha), no frondoso Vale do Rio do Porto, é um lugar privilegiado onde se pode desfrutar de uma magnífica paisagem, bem como da beleza escultórica de dois artistas da escultura portuguesa contemporânea.

O Museu está instalado num edifício de uma antiga azenha, construída no inicio do século XX, tendo sido, mais tarde, transformada numa serração, a qual posteriormente adquirida pela autarquia.

 Em Setembro de 1974, Pedro Anjos Teixeira legou, à Câmara Municipal de Sintra, todo o seu espólio e uma parte das obras do seu pai Artur Anjos Teixeira, um acervo que representa a quase totalidade do recheio do Museu.

 Assim, Mestre Pedro Anjos Teixeira consegui transformar este local num novo espaço museológico vivo, onde todos aqueles que o visitaram, tiveram oportunidade de ver trabalhar e criar um dos maiores escultores portugueses.

Após a sua morte, este espaço passou a ter a designação atual de Museu Anjos Teixeira, onde o visitante pode observar grande parte da obra dos dois escultores, destacando-se os trabalhos figurativos de temática humana e animal, com especial realce para as representações dos homens do povo, fixados magistralmente pelos dois escultores nas suas diversas profissões, atitudes e trajes característicos.

Image

Artur Gaspar dos Anjos Teixeira

Artur Gaspar dos Anjos Teixeira, nasceu em Lisboa no dia 18 de julho 1880.

Desde muito cedo manifestou grande vocação e talento para o desenho e escultura. Apesar dos amigos e parentes o aconselharem a transformar-se em marçano numa loja de chapéus de senhora, Artur Anjos Teixeira, em 1894, com 14 anos de idade, incentivado pela sua mãe, decide entrar para a Escola de Belas-Artes de Lisboa, começando a ter lições com o escultor Simões de Almeida (tio).

 

Pedro Anjos Teixeira

Filho do escultor Artur Gaspar dos Anjos Teixeira e de Ester de Oliveira Franco, nasceu em Paris, a 11 de Maio de 1908, onde seu pai se encontrava a residir após ter ganho uma Bolsa de estudos de Escultura, como Prémio atribuído pelo Legado Valmor.

Pedro Augusto tinha 6 anos de idade quando conheceu Sintra. Aqui viveu toda a sua infância e adolescência, nesta região saloia, ainda eminentemente rural.

 

Image